Crítica do ótimo Darkman - Vingança sem Rosto




Várzea Grande-MT, 24 de Março de 2009. 01:25PM.

...Mais um post inútil...

Dia complicadíssimo ontem. Começou uma forte chuva pouco após minha postagem por aqui. Por pouco que a enxurrada não invadiu minha casa por completo (imaginem o trabalho que deu depois...).


Pela noite refresquei a memória assistindo a aventura Darkman – Vingança sem Rosto (Darkman, 1990), de Sam Raimi. Lembrava-me muito pouco da historia do cientista que tem o rosto desfigurado em decorrência de um ataque feito por alguns bandidos. Trabalhando em um tipo avançado de cirurgia plástica, Peyton Westlake (Liam Nesson) decide vingar se utilizando de uma avançada técnica de cirurgia plástica, trocando a face periodicamente, alem de tentar reaver os laços com a antiga companheira (Frances McDormand). Tratado de maneira frenética e propositalmente exagerada, Darkman funciona muito bem como diversão escapista(não chega a ter a mesma seriedade empregada nas atuais adaptações de HQ's para os cines). Notável trabalho de maquiagem, bons atores (fora McDormand, que não funciona como interesse romântico) vilões caricatos, ação de qualidade e uma ponta de Bruce Davison. Caso não conheça, descubra esse herói.

Já avisando que provavelmente ficarei alguns poucos dias sem internet. Motivo: falta de pagamento da conta. Caso consiga, amanhã escrevo um pouco sobre o divertidíssimo Hancock e o imponente Metrópolis. Um abraço a todos e até mais.
:)
:)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...