A Sombra de Um Homem: Val Kilmer em grande atuação


Várzea Grande-MT. 17 de Março de 2009. 07:43PM.



...Mais um post inútil...






Sabe-se la quando me acostumarei a acordar com disposição a partir das 05:30 da matina. Notei que dos 300 alunos em sala do cursinho, 75% são mulheres. Vai entender a causa/motivo/razão/circunstancia do desinteresse da classe masculina em relação aos estudos (não generalizando, é claro). Falando francamente nunca me vi estudando em uma faculdade privada. Não consigo imaginar ganhando 600 reais e pagando a mesma quantia mensalmente. E o dinheiro do vale-transporte e custos adicionais? E a ajuda em casa??Admiro aqueles que assim o fazem. É como minha mãe sempre nos disse: filho de pobre tem de se esforçar p/ conseguir estudar em uma universidade publica. Se é difícil? Muito, mas nunca impossível. Serão oito meses de preparação, sem custos com materiais de estudo ou mensalidades. Vendo que minha situação financeira ficará pior a partir de Junho, já começo a cogitar cortes no orçamento e, p/ minha tristeza, o primeiro serviço a ser cortado da lista é a TV paga. Quem sabe se algo de bom não aconteça nesses próximos 90 dias...



Hoje dois filmes conferidos em DVD:



O que posso dizer do policial A Sombra de um Homem (The Salton Sea, 2002), com Val Kilmer? De inicio, esta muito longe de ser um filme fraco. O enredo, bastante similar às fitas de Guy Ritchie, narra às desventuras do trompetista e junker Danny Parker – ou Tom Van Allen, isso nem o próprio personagem sabe direito -, e sua relação com policiais do FBI, companheiros de assalto e drogas e gangsteres excêntricos (o melhor deles é Pooh-Bear um viciado com nariz amputado de tanto consumir cocaína, interpretado por Vincent D'Onofrio), após a perda da mulher. Dirigido pelo até então pouco conhecido D.J. Caruso (Controle Absoluto, 2008) tendo a disposição um leque de quase-famosos (Peter Sasgaard, Luis Gusmán, Adam Goldberg, Deborah Kara Unger, Meat Loaf, R. Lee Ermey...) e de enredo cheio de reviravoltas – do tipo,saiu p/ uma água, perdeu toda compreensão – A Sombra merece uma conferida.


Certa decepção com o suspense Sociedade Secreta (The Skulls, 2000), do fraquinho Rob Cohen (Velozes e Furiosos, 2001). É de conhecimento de alguns que grandes líderes das mais diferentes áreas do conhecimento, durante o período de suas respectivas formações acadêmicas tenham passado por fraternidades cuja seleção de admissão era rigorosíssima. Usando essa base, o enredo fixa a atenção em Luke McNamara, jovem abastado que enxerga na Sociedade secreta Skulls uma chance de abandonar em definitivo as dificuldades da vida. Logo depois de ser aceito, seu colega de quarto é encontrado morto. Luke passa a duvidar da integridade da fraternidade e decide investigar por conta o aparente suicídio do amigo. Não bastasse o inexpressivo desempenho do elenco (fora Craig T. Nelson como líder-mor da Skulls), Sociedade Secreta erra justamente no tom da trama: uma base até curiosa, desenvolvida de maneira banal e previsível. Vai entender a razão do relativo sucesso da fita...


Volto amanha p/ comentar sobre um trabalho da subestimada Brittany Murphy. Boa quarta-feira a todos e até mais.
:)
:)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...