Michael Jackson, Bob Fosse, Especial e Crepúsculo

Várzea Grande-MT, 19 de Julho de 2009. 10:24PM...



...E mais um post inútil.





Impossível assistir ao funeral de Michael Jackson (1958-2009) – vistoso e cheio de convidados – e não recordar do melhor momento de “O Show Deve Continuar (All That Jazz, 1979)”, de Bob Fosse (O Pequeno Principe, 1974). no filme, o falecido Roy Scheider, em uma magnifica performance, interpreta um brilhante coreógrafo de musicais cinematográficos, adepto do estilo “Vida Louca, Vida”. Mesmo com as inúmeras advertências, Joe Gideon, continua a manter seus excessos fora dos holofotes. Talvez seja o melhor filme do gênero que conseguiu combinar na medida coisas como fama e fracasso.



veja o trailer de "All That Jazz" clicando aqui





Mas não vim dissertar sobre Bob Fosse ou Michael Jackson, e sim, a respeito de outro fenomeno da cultura pop moderna. Antes, quero apresentar-lhes o quadro Novos e (in)úteis em DVD. De início, um especial com 5 filmes recém-chegados no varejo. Eis a lista:



Crepúsculo (Twilight, 2008)

Coraline e o Mundo Secreto (Coraline, 2008)

Revolver (idem, 2005)

As Duas Faces Da Lei (Righteous Kill, 2008)

O Dia em que a Terra Parou (The Day The Earth Stood Still, 2008)







Especial

Novos e (in)úteis em DVD.





1.0

Crepúsculo (Twilight, 2008)



Meses atras, havia comentado com alguns camaradas blogueiros sobre meu descontentamento com essa fita. Como sempre, espero alguns meses para revisar algo visto nos cines, com o objetivo de tentar obter algo que possa melhorar (ou piorar) minha avaliação. Assumo não ter lido a série (os próximos são Lua Nova, Eclipse e Amanhecer), mas com base no que vi nos cines, entendo um pouco a tamanha comoção dos fãs provocada durante a campanha publicitaria no fim do ano passado.

A trama narra o inicio de um romance entre o estranho e desejado Edward Cullen e a deslocada Isabela Swan – e as consequências decorrentes dessa união, em razão das origens obscuras de Edward. Mesmo com certas obviedades, muitos momentos constrangedores (a cena de beisebol, por exemplo) e a apatia do elenco – salvo a cara de aparvalhado de Robert Pattinson – o mais adequado a se fazer é embarcar na historia com 0% de expectativa. Garanto que ajudará na apreciação.

trailer

ficha do filme no IMDB aqui



Volto em uma nova oportunidade para a continuação do especial. Boa semana a todos, um abraço e até mais.



Dia do Cinéfilo Inútil. Um viva a (in)utilidade dos cinéfilos











Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...