Sede de Poder

>>>> Por onde nós passamos em nossa vida, conhecemos muitas pessoas, nos deparamos com diferentes valores, diferentes objetivos e diferentes modos de pensar. Eu, obviamente, não sou a pessoa mais fácil de lidar. Como possuo uma mente em constante trabalho criativo, acabo metendo a colher em vários pontos onde não sou convidado, porém sempre acrescento algo ou mesmo tento mudar algo que poderia estar melhor. Basicamente eu sou uma pessoa metida, idealista e até mesmo abusada em alguns pontos. Fato é que sou bem dinâmico!
>>>> Algum tempo atrás eu me deparei com algumas situações que testaram minha paciência de formas até então nunca vistas. Conheci um grupo de pessoas que ‘acreditavam’ ser seletos, estarem acima da maioria por estar em um grupo com objetivo de melhoria. Vi pessoas deste grupo que deveriam ser aquelas responsáveis por espalhar o conhecimento simplesmente virar as costas para quem precisava de ajuda para entender algo que eles deveriam explicar. Vi pessoas se achando melhores do que as outras apenas porque tinham mais responsabilidade do que outras. Vi pessoas agirem com indiferença ou mesmo agindo de forma convencida apenas porque tinham informações que não repassavam para as demais. Pergunto a vocês: o que você acha que eu fiz?
>>>> Vendo tantos pontos semelhantes que deveriam caminhar juntos, acabarem seguindo para lados opostos, vendo pessoas com sede de poder se sentindo superiores aos colegas, vendo pessoas que se diziam ‘boas’ atacarem gananciosamente postos que não lhes competia, decidi intervir. Li e reli o que precisava ser feito e criei todo um projeto motivacional para ajudar ambas as partes. Chamei responsabilidades que nem eram minhas, mas para ajudar aos outros e adquirir conhecimento e experiência, decidi abraçar o que não gostava, decidi conhecer melhor outros lados antes de julgar. Não deveria ser isso o que as pessoas precisam fazer em seu dia a dia?
>>>> O que você acha que fiz? Eu criei uma ferramenta dinâmica para levar conhecimento a todos de uma forma que todos pudessem expor suas idéias, seus pensamentos e suas particularidades, porém acabei me deparando com ‘birras’ de pessoas, outros egocêntricos e outras pessoas que simplesmente começaram a me atacar porque retirei o doce da boca deles, ou seja, retirei daqueles que foram corrompidos o poder que achavam ser a última bolacha do pacote e dividi esse poder. Atualmente sou atacado gratuitamente, mas quer saber? Eu compartilho idéias, escuto o próximo e tento ser alguém capaz de mudar. É claro que isso ofende aqueles que gostam de mandar por mandar, ou seja, existem pessoas que nascem para serem chefes e outras nascem para serem líderes.
>>>> Eu sou a favor do dialogo e do comprometimento de cada um, de cada peça de uma organização para que possamos alcançar nossos objetivos. Ando me matando nos últimos tempos, mas pelo menos estou fazendo algo ao invés de ficar sentado reclamando em minha zona de conforto. Fazer a diferença custa caro, mas ver os resultados é recompensador. Obstáculos existem aos montes e alguns são difíceis de transpor, mas fico orgulho de tentar mudar ou mesmo criar algo que todos usem, mesmo que enfrentemos descaso de alguns, indiferença de outros ou mesmo falta de gratidão. Cada um tem que ter orgulho do que faz? Você tem?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...