TRAÍDOS PELO DESEJO (Inglaterra, 1992) ****

The crying game

Direção: Neil Jordan. Com: Stephen Rea, Miranda Richardson, Jaye Davidson, Forest Whitaker e Jim Broadbent. Drama, 112 min.

Um soldado ingles (Forest Whitaker) é sequestrado por agentes do IRA – Exército Republicano Irlandês e tem sua morte decretada. Antes que isso aconteça pede a um dos terroristas, Fergus (Stephen Rea) que procure sua namorada Dil (Jaye Davidson) e cuide dela. Ele cumpre o prometido, mas se apaixona por Dil, sem contar com o fato de que seus ex-colegas do IRA voltam a procura-lo e ameaçam o romance.

Na época do lançamento de TRAÍDOS PELO DESEJO, os produtores pediram a quem já tinha assistido que não revelassem o segredo do filme e não vou ser eu a fazer isso, mas o bom observador vai perceber pela voz de Dil (tanto a original quanto a dublada), a verdade. E quase 20 anos depois, mesmo quem não assistiu ao filme, sabe do que se trata.

Fez grande sucesso e causou muita polêmica esse vencedor do Oscar de roteiro original e que teve cinco outras indicações: Ator: Stephen Rea (que participou de quase todos os filmes de Neil Jordan), Coadjuvante: Jaye Davidson (que depois desse, só fez Stargate), além de montagem, Diretor e Filme.

Jordan realizou um sensível filme sobre aceitação, amor, desejo e remorso, onde o cunho político é usado apenas para contar essa história de amor anti-convencional que merece ser do conhecimento de todos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...