JOHN HERBERT (1929 - 2011)



Morreu ontem à tarde, aos 81 anos, vítima de enfisema pulmonar, o ator e diretor John Herbert, que estava internado desde o dia 05 de janeiro.

John Herbert Buckup nasceu em São Paulo, SP em 17 de maio de 1929 e desde criança sonhou com a carreira artística, mas mesmo assim entrou para a Faculdade de Direito, que não terminou, pois começou a trabalho como ator de teleteatros na TV Record a partir de 1952, além de tornar-se nadador profissional. Fez com a então esposa Eva Wilma, o seriado “Alô, doçura”, que durou 10 anos na TV Tupi e cujo sucesso levou John a alçar vôos mais altos, tanto na televisão quanto no cinema e no teatro.


John Herbert e Eva Wilma em "Alô, doçura"

Estreou no cinema em 1952, no filme “Uma pulga na balança” da Vera cruz e desde então não parou mais. Seguiram-se dezenas de outros, com destaque para “Floradas na serra” (1953), “Matar ou morrer” (1953), “Toda donzela tem um pai que é uma fera” (1966), “O caso dos irmãos Naves” (1967), “A guerra dos pelados” (1971) e “A menina do lado” (1987).

Com Jussara Freire em "O sexo mora ao lado"

Revelou talento também como diretor de comédias eróticas em episódios a partir de “Cada um dá o que tem” (1975), “Já não se faz amor como antigamente” (1976) e “Os bons tempos voltaram – Vamos gozar outra vez” (1985) e duas adaptações de livros de Cassandra Rios: “Ariella” (1980) e “Tessa, a gata” (1982).


Na televisão participou de dezenas de novelas e mini-séries, com grande sucesso de audiência: “Água viva” (1980) e “Plumas e paetês” (1980), “Vereda tropical” (1984), “Anos dourados” (1986), “Que rei sou eu?” (1989), “A viagem” (1994), “Por amor” (1998) e ultimamente em “Sete pecados” (2007) e “Três irmãs” (2009).




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...