OS 40 ANOS DO CHAVES


Sem querer, querendo o personagem Chaves interpretado pelo ator Roberto Gomez Bolaños completa 40 anos desde sua primeira aparição na TV mexicana em 1971. O programa chamava-se originalmente El Chavo del Ocho ou O garoto do oito, devido ao número do canal que o exibia, depois passou a se chamar apenas El Chavo quando começou a ser exibido pela Rede Televisa, famosa por suas telenovelas.

Além de Chaves, o menino pobre que mora num barril, a turma é formada por outros personagens, todos moradores humildes de uma vila: Chiquinha (Maria Antonieta de Las Nieves), a menina chorona de óculos “fundo de garrafa” e melhor amiga de Chaves; seu pai, Seu Madruga (Ramon Valdés), um malando que está sempre devendo o aluguel; Quico (Carlos Vilagrán), o menino mimado de dentes protuberantes; sua mãe, Dona Florinda (Florinda Meza Garcia), dona de um restaurante; seu namorado, o Professor Girafales (Rubén Aguirre) que sempre lhe leva flores e aceita uma xícara de café “se não for muito incômodo”; o Senhor Barriga (Edgar Vivar), dono das casas da vila que aparece sempre para cobrar o aluguel; seu filho Nhonho (também interpretado por Edgar Vivar); D. Clotilde, mais conhecida como a Bruxa do ‘71’ (Angelines Fernándes); o carteiro Jaiminho, que não faz esforço para evitar a fadiga (Raul Pádila).





O programa conseguiu sucesso desde o início de sua exibição e com o tempo foram surgindo desentendimentos entre os atores. Os primeiros a brigar foram Vilagrán e Bolaños. O intérprete de Quico dizia que Bolaños tinha ciúmes do sucesso que seu personagem fazia, o que levou à sua saída do programa. Claro que o fato de Bolaños ter conquistado Florinda (que era mulher de Vilagrán) deve ter ajudado. Com a saída dele, Valdés também deixou o programa. Maria Antonieta também brigou com Bolaños e hoje os dois brigam na justiça pelos direitos da personagem.

O seriado estreou no Brasil em 1984 no Programa do Bozo do SBT, quando este ainda se chamava TVS. No início era motivo de chacota devido à pobreza dos cenários e das histórias, mas conquistou milhões de fãs ao longo dos anos e é garantia de audiência independente do horário em que é exibido, por isso, Silvio Santos não abre mão dos direitos do programa. Todos os personagens são muito queridos entre os brasileiros e vários dos atores que os interpretam já visitaram o Brasil, como Maria Antonieta, Edgar Vivar e mais recentemente Vilagrán.





Foram produzidos 1000 programas, dos quais 250 foram adquiridos pelo SBT, que exibiu 120 e os reprisou à exaustão, mas o público não se cansa de assistir. Eu só não entendo porque Silvio Santos não exibiu todos os episódios que adquiriu e porque não adquiriu todos os outros, já que o público anseia pelos episódios inéditos. Isso pode ser corrigido agora que o programa passou a ser exibido também pelo canal a cabo Cartoon Network, que também exibe a versão animada com 81 episódios. 
O sucesso da personagem e de sua turma deve continuar por muitos anos, pelo menos por aqui.

Roberto Gomez Bolaños, nascido em 1929


Carlos Vilagrán, nascido em 1944

Florinda Meza García, nascida em 1948
Ruben Aguirre, nascido em 1934
Edgar Vivar, nascido em 1944
Maria Antonieta de Las Nieves, nascida em 1950

Ramon Valdés, falecido em 1988


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...