Psicopatas (2ª Parte)

==== Na 2ª parte do especial ‘Psicopatas’, nesta postagem conheceremos mais sobre essas pessoas que dissimulam, mentem e não conseguem sentir nada pelos outros. Como foi dito na primeira postagem da série, psicopatas não são apenas aqueles que matam. Estes são em últimos casos, porque milhões estão escondidos na multidão, quem sabe ao seu lado, e você nem mesmo sabe.
==== Psicopatas são indivíduos inteligentes, facilmente se disfarçam de ingênuos, santos ou inocentes para conseguirem o que querem. Essas pessoas têm uma grande habilidade em adquirir simpatia e carisma das pessoas por quais se interessam e, por isso, induzem com rapidez os outros a fazerem coisas que na realidade não tinham intenção. São exímios manipuladores, chantagistas que mudam totalmente de um mau comportamento para uma boa conduta para conseguirem o que querem. Eles podem usar da mentira, mas não admitem que esta mesma seja usada para com eles. O lema é "eu posso, você não". Além disso, uma característica típica que os diferencia de mentirosos que mentem para receber atenção ou admiração, é que a mentira do psicopata é dificilmente descoberta. São tão calculistas que conseguem mentir olhando nos olhos, sem remorso ou arrependimento.
==== Em geral têm emoções rasas, podendo demonstrar amizade e consideração facilmente para conseguirem conquistar determinadas pessoas. Na verdade, tais emoções são superficiais e breves porque não são verdadeiras. O psicopata não tem sentimentos para com outras pessoas. Entretanto, parece que desde criança, apesar desse vazio sentimental, eles conseguem "imitar" as emoções das outras pessoas, embora não as sinta de verdade, a fim de conseguirem um ideal.
==== Psicopatas são pessoas, acima de tudo, frias e insensíveis. Frias emocionalmente de tal forma que nada as faz se comoverem por algum tipo de dor ou sofrimento alheio. Muitas vezes essas pessoas não demonstram qualquer tipo de afeto, amor ou carinho por outra pessoa, inclusive seus próprios familiares. Só o demonstram para conseguir algo. Não vão se importar se feriram ou não alguém, muito menos vão se chocar por algum acontecimento doloroso a outrem. Pelo contrário, essas pessoas podem ver, ouvir e até mesmo cometer inúmeras crueldades sem ter a capacidade de sentir algum tipo de emoção com isso. É exatamente por esta razão que muitos psicopatas assassinos são popularmente descritos como "sangue frio". Compaixão, dó, pena e altruísmo são palavras totalmente ausentes na área emocional do psicopata. Do ponto de vista emocional, nada os choca, nada os faz chorar por dó, tristeza ou compaixão em ver outra pessoa sofrer, seja da pior forma possível.
==== De maneira geral, o psicopata na maioria das vezes pode ser simpático, engraçado e interessante socialmente a fim de conseguir a simpatia das outras pessoas por quais se interessam. Psicopatas usam a mentira como mais uma ferramenta para seus objetivos. Exatamente por isso, eles não usam a mentira da mesma forma que as outras pessoas usam e sim a usam como ferramenta de trabalho. São tão racionais que planejam muito bem suas mentiras, a ponto de que conseguem mentir olhando nos olhos e demonstrando atitudes calmas e típicas de quem está falando a mais brilhante verdade. Tais mentiras muitas vezes são caracterizadas por histórias muito bem detalhadas e minuciosas, a ponto que as outras pessoas nem se quer desconfiam de que tudo não passa de um teatro. Entretanto, quando isto acontece, eles podem negar até a morte que tudo não passa de uma farsa, mesmo que tudo e todos provem o contrário.
==== Na próxima postagem deste especial, sexta-feira por sinal, abordarei mais alguns pontos deste assunto tão importante. Você pode conviver com um psicopata e nem mesmo saber.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...