Psicopatas (3ª Parte)

==== 3ª e última parte deste especial que está falando de psicopatas, chega na área para comentar sobre aquele tipo que está mais perto do que você imagina: no seu local de trabalho. Pesquisas apontam que é nas empresas onde se encontram o maior número de psicopatas. A pior parte disto é que estes encontram-se em posições confortáveis, geralmente gerenciais.
==== Como foi comentado nas postagens anteriores, o psicopata vai atrás daquilo que deseja sem se importar com os meios. Um psicopata não precisa ser um assassino em série, ainda mais porque recorrer a violência é um dos últimos meios encontrados pelo psicopata. Muitos psicopatas estão mais perto do que se imagina: nas empresas atrás de dinheiro, poder e status.
==== Os psicopatas são mais comuns em empresas do que em qualquer outra área. Muitos são atraídos por oportunidades com vantagens, regras manipuláveis, facilidades, salários astronômicos entre outros pontos que, por sua vez, serão os objetivos destas pessoas que não descansarão até alcança-los. Aí entra um ponto importante. Não confunda desejo de crescer na vida com psicopatia. Crescer na vida com seus méritos próprios é um ponto, usar meios sujos para tal é outro completamente diferente. Os psicopatas organizacionais são capazes de cancelar férias de seus subordinados, obriga-los a trabalhar fora do horário, apunhalar colegas pelas costas, contar mentiras premeditadas, fraudar, eliminar provas, tudo para conseguirem o que querem, mostrar serviço ou ainda obter metas.
==== Um ponto onde os psicopatas deitam e rolam é na entrevista. Mesmo que muitas vezes o conhecimento da tarefa não seja aquele esperado, o psicopata se defende com motivação, grandes ideias, perfil ativo e cheio de disposição, capacidade de liderança e de tomar decisões. Como dissimular não é algo difícil para ele, tais tarefas se tornam simplórias, ainda mais em busca de mais poder utilizando outros como ferramentas. Um psicopata possui alguns dons, dentre eles ‘ler’ o que a pessoa quer ouvir. Essas pessoas podem ser consideradas estudiosas da natureza humana já que utilizaram os pontos fracos e também os fortes delas ao seu favor. Além disso, os psicopatas optam por trabalhar em empresas que estimula a competitividade.
==== É mais fácil enrolar em cargos de liderança onde o chefe apenas precisa pedir para as outras pessoas executarem tarefas da que receberá pronta em suas mãos. Segundo uma pesquisa realizada nos EUA, muitos psicopatas encontram-se em confortáveis posições hierárquicas como diretores ou mesmo vice-presidentes. Como manter uma imagem não é algo tão fácil, descobriu-se também que as equipes chefiadas por essas pessoas apresentam rendimento abaixo do normal, além de grande rotatividade e clima instável.
==== Os psicopatas prosperam no mundo empresarial de hoje, ainda mais porque impera no momento uma busca por resultados rápidos, por profissionais que tomem decisões sem vacilar. Um psicopata em um cargo de confiança pode ser positivo para a empresa em termos imediatos, mas com certeza trará problemas em longo prazo. Se o seu chefe é um homem carismático, educado, cortês e carreirista, tenha muito cuidado, pode se tratar de um verdadeiro psicopata que tenta te motivar para que você faça seu trabalho bem, entregue pronto nas mãos dele para que ele ganhe os créditos em apresentações para seus superiores.
==== Depois de ler e pesquisar para essa matéria, confesso que fiquei um tanto chocado e preocupado porque conheço muitas pessoas com essas características. Sou um cara que gosta de psicologia, sendo que pretendo cursar esta graduação daqui 2 anos. Logo, costumo trabalhar com algumas pessoas onde noto certos comportamentos duvidosos. Um certo dito popular diz que ‘desconfie de quem te elogia porque é destes que podem vir os piores ataques’ nunca fez tanto sentido depois dessas postagens. É claro que não devemos sair por aí acusando os outros de serem psicopatas, mas não custa nada se prevenir contra estes.
==== Termino por aqui essa série de postagens da série ‘Psicopatas’. Espero que vocês tenham gostado das postagens assim como gostei de escrevê-las depois de realizar muitas pesquisas. Comentem aí, o que vai fazer esse blogueiro feliz.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...