MARCELLO MASTROIANNI


Marcello Mastroianni nasceu em Fontana Liri (perto de Roma) em 28/09/1924. Começou a trabalhar ainda adolescente como desenhista e durante a 2ª Guerra mundial escapou de nazistas e fascitas escondendo-se num sótão em Veneza (mais ou menos como o protagonista do filme O pianista). Depois se empregou no departamento comercial de uma empresa romana de cinema, onde estreou no filme Os miseráveis (1947) e no ano seguinte trabalhou na companhia teatral de Luchino Visconti.

Com Sophia Loren em Pret a Porter
 Seu primeiro encontro no cinema com Sophia Loren aconteceu em Bela e canalha (1955) e se repetiu em A bela moleira (1955), Ontem, hoje e amanhã (1963), Matrimônio à italiana (1964), Os girassóis da Rússia (1970), A garota do chefe (1975) e Um dia muito especial (1977). Contracenou também com as belas Claudia Cardinale (A pele), Jeanne Moreau (A noite), Ornella Mutti (Atos proibidos de amor e vingança), Sonia Braga (Gabriela), Laura Del Sol (As duas vidas de Matttia Pascal), além de Giulietta Masina, Monica Vitti, Anna Magnani, Bridget Bardot, Faye Dunaway, Catherine Deneuve, Gina Lollobrigida, Silvana Mangano, Virna Lisi e Hanna Schygulla.


Com Catherine Deneuve
Com Monica Vitti

Com Claudia Cardinale


Em mais de meio século, fez um filme atrás do outro nos quatro cantos do mundo. Até no Brasil, onde participou em 1983 da adaptação cinematográfica de Gabriela, um filme muito criticado, mas que eu adoro. Já vi várias vezes.

Com Sonia Braga em Gabriela
Sua fama internacional veio com os clássicos dirigidos por Luchino Visconti (Um rosto na noite), Federico Fellini (A doce vida, Oito e meio de Fellini), Michelangelo Antonioni (A noite), Vitorio de Sica (Ontem, hoje e amanhã, Matrimônio à italiana, Os girassóis da Rússia), Roman Polanski (Quê?), Ettore Scola (A noite de Varennes), Liliana Cavani (A pele, Através daquela porta), Mario Monicelli (As duas vidas de Mattia Pascal).

Foi indicado ao Oscar por Olhos negros (1987), pelo qual levou o prêmio de interpretação no Festival de Cannes, seu segundo prêmio. O primeiro havia sido por Ciúme à italiana (1970).

Se estivesse vivo, completaria 87 anos.
Fonte de consulta: Astros e estrelas e seus filmes em vídeo.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...