Review: Glee 3ª Temporada (Ep 04-05)


==== Voltando com mais ‘reviews’ da série Glee. Falarei agora dos episódios 04 e 05 da 3ª temporada da série que anda causando polêmicas.
==== No quarto episódio desta temporada, foi introduzido um novo personagem chamado Rory. Ele é um estudante que veio da Irlanda, porém tem um início difícil na escola.
==== Para falar bem a verdade, a série mostrou com os norte-americanos são difíceis e batalham desde a escola por seus egos. Diferenças não são aceitas e é muito mais fácil criticar do que entender e aceitar diferenças.
==== Rory está morando com Brittany que acredita que ele é um duende que pode realizar desejos. Brit e suas ideias insanas, mas divertidas. Rory quer tentar encontrar o ‘pote de ouro’, meter se é que me entende, de Brittany, porém Santana não gosta da aproximação de ambos, partindo para cima dele para tirar satisfações.
==== Finn acaba se tornando amigo de Rory, levando-o para o New Directions onde nem todos gostam dele inicialmente, apesar de perceberem o talento que ele possui. Falando em Finn, ele está morrendo de inveja de Blaine que também possui uma postura de liderança.
==== Já Quinn e Puck tentam se aproximar de Shelby para assim terem mais tempo ao lado de sua filha. Quinn já tem motivos mais obscuros neste meio tempo... E Puck anda tão apaixonado por sua filha que acaba deixando de se dar bem com coroas...
==== Nasce de vez as Troubletones, grupo formado por Mercedes, Santana e Brittany. De longe, essa foi a melhor apresentação do episódio.
==== No quinto episódio chamado “The First Time”, a primeira vez em por português, temos a peça musical da escola como grande história, porém o foco do episódio acabou seguindo para a primeira vez de alguns personagens. Entra aqui a polemica do episódio. Sexo nos EUA parece assunto de outro mundo nas séries, porém como Glee é uma série jovem, realmente conforme o que fosse exposto poderia ser pesado. Vale lembrar que por lá a série é exibida na Fox que é conservadora. Skins versão EUA também ficou careta, nada recordando a versão original britânica que mostrava muito...
==== Finn e Rachel que Blaine e Kurt ganham espaço neste quesito, porém as coisas não saem conforme planejado para ambos os casais. Nem cena de sexo rolou, porém a série abusou muito do lado ‘gay’ neste episódio, o que deixou muita gente desconfortável. Nada contra os gays, mas a série está se tornando apelativa demais ao focar no relacionamento gay entre Blaine e Kurt, sendo que agora Sebastian entra em cena para tumultuar as coisas.
==== Glee supostamente deveria ser uma série musical falando sobre as dificuldades dos adolescentes norte-americanos no período escolar. A série aborda isso, porém está entrando demais em assuntos que não são aceitos pela maioria das pessoas. Gay ou lésbica, fato que existem pessoas assim. Aceita-se, porém estava de bom agrado focar no relacionamento do casal gay, mas não entrar no mundo gay de cabeça. Achei desnecessário e um pouco de mal gosto. Minha opinião! Tenho amigos gay, amigas lésbicas, bissexuais e por aí vai, sendo que até eles acharam que a série foi para um lado desnecessário.
==== Voltando ao episódio, devo dizer que gostei do personagem Sebastian. Direto ao ponto e um tanto mal caráter. O cara vai chegar para causar problemas para Kurt, o que espero que consiga porque esse casal é um dos mais chatos da série!!!
==== Finn vê sua chance de seguir para universidade cada vez mais longe enquanto Rachel novamente quer alcançar seus objetivos, não importa o que aconteça. No final, a peça foi bem e o relacionamento dos integrantes é reestabelecido.
==== O quinto episódio fez propaganda demais, porém achei um dos mais fracos desta temporada. Agora vamos ver o que vai acontecer mais a frente.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...